CASE EM LONDRINA

Um caso referência de

inovação em gestão de

pessoas no setor público

brasileiro.

Pela primeira vez no Brasil, um governo realizou um processo
seletivo profissional e aberto para preencher um cargo
de primeiro escalão em sua gestão – e o Vetor Brasil ajudou
a construir essa história.

Como tudo começou

Em 26 de outubro de 2016, foram abertas as inscrições do processo de seleção pública para Secretária(o) Municipal de Educação de Londrina, com o apoio do Programa Líderes de Gestão Pública do Vetor Brasil.

A partir dessa iniciativa inovadora da Prefeitura de Londrina, nós apoiamos na atração e pré-seleção de profissionais com a motivação e as competências necessárias para a posição.

Por isso, realizamos um processo seletivo customizado, com metodologia própria, que promoveu insumos para a decisão final, feita pelo governo parceiro.

Qual era o perfil buscado

Para a posição, o governo buscava uma pessoa com trajetória consolidada, além de experiência em cargos de liderança e conhecimentos de gestão pública e/ou na área de educação. Além disso, era esperado propósito e motivações pessoais alinhados e outras competências específicas, como: resiliência, orientação para resultados, tomada de decisão, capacidade de engajamento e influência, e capacidade de comunicação.

Como se deu a seleção

Tivemos 129 inscrições, das quais 70 eram de residentes de Londrina. Entre os inscritos, foram identificados profissionais com vasta experiência no setor de Educação, incluindo sete ex-secretários municipais da área, ligados a diferentes partidos políticos.

As etapas do processo seletivo foram as seguintes:

1

Análise de experiências (CV) e motivações pessoais

Avaliação da progressão profissional e das experiências das candidatas e dos candidatos em posições de liderança, além das suas motivações para participar do processo seletivo.

2

Entrevistas por competência + estudo de caso

Avaliação das competências apresentadas, sua capacidade analítica e senso de priorização, por meio de simulação de tomada de decisão, no contexto da gestão da Educação.

3

Avaliação integrada de competências e perfil

Avaliação das preferências comportamentais e das habilidades verbais e numéricas, utilizando a ferramenta Talent Q da Korn Ferry, empresa global de recrutamento de executivos.

4

Referências profissionais

Avaliação das experiências profissionais e competências pela ótica de suas gestões diretas.

5

Sabatina com a comunidade educacional de Londrina

Avaliação quanto a experiências com Educação e gestão, conhecimentos dos desafios da Educação em Londrina, bem como de sua capacidade de comunicação.

6

Entrevista com banca avaliadora multidisciplinar

Avaliação das competências e experiências por um painel qualificado

Quem foi selecionada para a posição

Maria Tereza Paschoal de Moraes é professora do ensino básico e advogada, tendo atuado de 2000 a 2012 em sala de aula. Foi Secretária Municipal de Educação de Ourinhos de 2013 até março de 2016. Durante sua gestão, o IDEB municipal passou de 5,3 para 6,4, e a fila de espera por vagas em creche, que era de 1.054 crianças, foi reduzida em cerca de 85%.

É pós-graduada em Liderança e Gestão Pública pelo CLP/Harvard e é líder RAPS (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade). Também possui formação como intérprete de Libras (Língua Brasileira dos Sinais). Foi escolhida pelo prefeito eleito para assumir a Secretaria Municipal de Educação de Londrina em 2017 e aceitou o convite tão logo foi informada

"Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aliquam euismod risus eget porttitor laoreet. Aliquam dictum elit sit amet consectetur pulvinar."
- Maria Tereza

Destaques do processo

Finalistas do Programa tiveram a oportunidade de ser consideradas e considerados para outras posições dentro da gestão municipal. Um caso notável foi o da Coordenadora Pedagógica Rosana Daliner Acosta Marchese, servidora de carreira da Secretaria Municipal de Educação de Londrina havia mais de 14 anos. Ela obteve ótimo desempenho no processo de pré-seleção, embora não tenha sido selecionada pela Banca Avaliadora para compor a lista de nomes enviada ao prefeito.

Graças à sua performance,, Rosana foi escolhida pela nova Secretária, Maria Tereza, para assumir uma posição de destaque dentro do órgão, passando a liderar uma de suas três grandes áreas, a Assessoria Administrativa. Também foi convidada a integrar o Programa Líderes de Gestão Pública, demonstrando que o processo foi capaz não só de atrair excelentes profissionais de outras regiões do Brasil, mas também identificar talentos dentro da própria estrutura da Educação Pública de Londrina.

Se tivermos as melhores pessoas, levaremos a gestão pública ao sucesso. Este processo seletivo estabeleceu um novo paradigma na administração pública brasileira. Espero que se torne um exemplo.

Alex CanzianiDeputado Federal / Frente Parlamentar da Educação

Seja a mudança que você quer ver no governo!

Tem vontade de atuar na alta administração de secretarias municipais e estaduais e tomar decisões estratégicas que vão impactar a vida de milhões de pessoas? Inscreva-se!

Quero ser Líder

Em busca de profissionais com ampla experiência, perfil de liderança e vontade de gerar impacto por meio da gestão de equipes e tomada de decisões? Entre em contato!

Quero contratar Líderes