Quem somos

Nossa missão é criar uma rede engajada e diversa que potencialize o setor público brasileiro

O Vetor Brasil é uma organização da sociedade civil (OSC) suprapartidária e sem fins lucrativos. Acreditamos no poder de transformação da sociedade a partir do setor público, por isso, buscamos contribuir para a efetividade da gestão pública a fim de sempre melhorar a ação do governo – e não substituí-lo.

Um novo olhar para
a gestão pública

Cada vez mais, organizações da sociedade civil, estudos acadêmicos, lideranças políticas e profissionais do setor público têm apontado a necessidade de aperfeiçoar a gestão de pessoas no governo, permitindo o desenvolvimento de novas estratégias de atração, seleção e desenvolvimento de profissionais no setor público.

O Vetor Brasil nasceu em 2015 com a vontade de contribuir com esse cenário e por acreditar no potencial do setor público de gerar transformações em escala no país. A fim de colaborar para o aperfeiçoamento e a efetividade dos serviços públicos, idealizamos e implementamos um modelo inovador para atrair, pré-selecionar e desenvolver pessoas, baseado em boas práticas ao redor do mundo.

Trabalhamos em parceria com profissionais do setor público apoiando suas atividades e a composição de equipes de alto desempenho. Assim, formamos uma rede de profissionais com a disposição e as competências necessárias para solucionar problemas que reflitam as necessidades da população brasileira.

Dessa forma, contribuímos também para oferecer uma experiência de aprendizado em serviço no setor público, formando uma nova geração de profissionais cientes do papel do Estado na resolução de problemas públicos complexos e com aptidão para propor soluções inovadoras e contribuir com o desenvolvimento do país ao longo de suas carreiras.

Nossos programas

Uma nova maneira de compor quadros dentro da gestão pública, a partir de uma metodologia própria baseada em competências


Programa Líderes de Gestão Pública

Para profissionais com ampla experiência, perfil de liderança e vontade de gerar impacto social em escala por meio de melhorias em gestão de equipes e tomadas de decisões no setor público.

CONTRATE LÍDERESSEJA LÍDER


Programa Trainee
de Gestão Pública

Atrai e pré-seleciona profissionais nos primeiros anos de carreira que assumirão posições de gestão pública nos governos, para tirar do papel os projetos e políticas públicas ao longo de doze meses.

CONTRATE TRAINEESSEJA TRAINEE


Programa de seleção customizado

Apoia o governo na estruturação e implementação de atração, pré-seleção e desenvolvimento customizados conforme sua necessidade com larga escala e com possibilidade de recrutamento local.

SAIBA MAIS

Transparência e suprapartidarismo em tudo o que fazemos

Acreditamos que só iremos alcançar as mudanças que queremos através da transparência e ética em todas as nossas atividades. O Vetor Brasil é uma organização suprapartidária com princípios e valores que orientam a atuação de pessoas e governos nessas mudanças.

SAIBA MAIS

Nossos resultados

 

Amplo Alcance

51mil

Inscritos no Programa Trainee desde 2015

300

Trainees de Gestão Pública

11

Líderes de Gestão Pública

Suprapartidarismo

120

Órgãos públicos atendidos

40

Governos parceiros

14

Diferentes partidos políticos na liderança de governos parceiros

Nossos valores


Para alcançar nossas metas e sonhos, compartilhamos e vivenciamos nossa cultura todos os dias. Assim, garantimos a consistência e coerência de nossas ações entre os membros da nossa Rede e com todos os parceiros espalhados pelo Brasil.

Diversidade,
equidade e inclusão

Valorizamos a diversidade em todas as suas dimensões e em cada uma das nossas atividades e ações. Aliada à equidade e inclusão, ela é um meio fundamental para a promoção do alto desempenho no setor público e a construção de políticas públicas para todas e todos.

SAIBA MAIS
Ética a
todo momento

Ética é um pilar indispensável para potencializar o setor público e fortalecer as instituições democráticas. Todas as nossas decisões e atitudes são pautadas por esse valor, mesmo que isso implique em pegar o caminho mais longo para a chegar à solução de um problema.

SAIBA MAIS
Otimismo
sem ingenuidade

Estamos cientes de que os desafios do Brasil são grandes e os obstáculos, muitos. Entretanto, acreditamos que é possível alcançar um objetivo ainda que ele seja muito difícil. Somos otimistas e sabemos que colocar a mão na massa é o caminho para chegar onde queremos.

SAIBA MAIS
Impacto
com excelência

Buscamos resultados que sejam impactantes, escaláveis e sustentáveis, sempre respeitando o que foi e está sendo feito. Procuramos diariamente transformar os erros em aprendizados e trabalhar com dedicação e excelência na construção do Brasil que sonhamos.

SAIBA MAIS

O que é preciso saber sobre o Vetor Brasil

O que fazemos:

  • Contribuímos para potencializar o setor público a partir da gestão de pessoas, tornando a ação do governo mais efetiva.
  • Desenvolvemos e testamos metodologias de gestão por competências inspiradas em boas práticas de países líderes em gestão pública (como da OCDE) para aperfeiçoar a gestão de pessoas no setor público brasileiro.
  • Realizamos a atração, pré-seleção e desenvolvimento de profissionais de diversos setores que atuam ou desejam atuar no setor público. Chamamos de “pré-seleção”, porque a escolha final é sempre dos governos.
  • Apoiamos profissionais que ocupam cargos de gestão de pessoas do setor público no desenvolvimento de suas competências de liderança e gestão de equipes.
  • Estabelecemos parcerias com organizações públicas para identificar e desenvolver profissionais de alto desempenho para, assim, fortalecer o setor.
  • Estabelecemos acordos com governos estaduais e municipais com base no Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC).
  • Dialogamos com um amplo espectro de interlocutores em diversos campos políticos – sem necessariamente endossar suas visões ideológicas.
  • Apenas nos manifestamos publicamente sobre temas relevantes para a nossa área de atuação (ligados à gestão de pessoas no setor público) e quando nossa contribuição para o debate é relevante.

O que não fazemos:

  • Não buscamos substituir o governo ou assumir suas responsabilidades.
  • Não elaboramos provas para concursos públicos, nem organizamos certames.
  • Não implementamos exclusivamente metodologias de gestão de recursos humanos oriundas do setor privado em organizações do setor público, sem levar em conta os desafios de gestão de pessoas no governo.
  • Não fazemos atração, pré-seleção e desenvolvimento para o setor privado ou terceiro setor.
  • Não participamos de licitações públicas para vender serviços de consultoria em gestão de pessoas para governos.
  • Não realizamos ações de advocacy ou lobby para mudar legislações sobre gestão de pessoas no setor público em quaisquer âmbitos de governo.
  • Não apoiamos candidaturas eleitorais, mesmo de membros de nossas redes ou programas.
  • Não nos manifestamos (contra ou a favor) sobre quaisquer temas alheios à nossa área de atuação.

O que somos:

  • Somos uma Organização da Sociedade Civil (OSC) sem qualquer pretensão de substituir o governo, sua atuação e autonomia.
  • Somos suprapartidários e independentes de grupos políticos, econômicos ou religiosos.
  • Somos uma organização com vocação para a experimentação de metodologias e execução de projetos.

O que não somos:

  • Não somos uma empresa, órgão público ou organização com títulos outorgados pelo governo – como Organização Social (OS) ou Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP).
  • Não somos uma organização associada a iniciativas de cunho religioso, político e eleitoral, dependente de grupos econômicos ou partidários.
  • Não somos um centro de estudos e pesquisas.

No que acreditamos:

  • Acreditamos que potencializar o setor público é a principal forma de gerar impacto social em escala.
  • Acreditamos que a melhoria da gestão pública é uma pauta transversal e que partidos políticos de diversas orientações ideológicas contribuem para o aperfeiçoamento do governo.
  • Acreditamos que a composição de equipes diversas no setor público é um meio fundamental para a promoção do alto desempenho e para a formulação de políticas públicas efetivas que reflitam as reais necessidades da população brasileira.
  • Acreditamos que a diversidade deve refletir não apenas questões de gênero, idade, renda, raça/cor e orientação sexual, mas também outros fatores que caracterizam as experiências de qualquer pessoa – como sua trajetória profissional.
  • Acreditamos que a Educação Interprofissional (EIP) é uma alavanca de desempenho que enriquece o vocabulário de competências de uma pessoa. As equipes de governo devem refletir e se beneficiar da diversidade de trajetórias profissionais existentes no mercado de trabalho, incluindo pessoas com experiências plurais em carreiras de Estado, na iniciativa privada, em organizações do setor social, na academia, entre outros setores.
  • Acreditamos que existem pessoas altamente qualificadas em todos os lugares, na iniciativa privada ou no setor público, da mesma forma que existem profissionais com má conduta ou desempenho insuficiente também em diferentes setores e áreas de atuação. Por isso, discordamos de qualquer generalização ou simplificação sobre o perfil ou capacidade de profissionais do setor público.
  • Acreditamos no sistema democrático de governo e na inviolabilidade dos direitos humanos.

No que não acreditamos:

  • Não acreditamos em discursos simplistas que ignoram a complexidade da gestão pública ou debates infrutíferos sobre o tamanho do governo. Buscamos um Estado melhor – não maior ou menor.
  • Não acreditamos que apenas alguns partidos políticos se importam com a melhoria da gestão pública.
  • Não acreditamos que a promoção da diversidade é apenas uma agenda de direitos humanos – ou que ela afeta negativamente a produtividade das organizações.
  • Não acreditamos que a resposta para melhorar a gestão pública é ampliar ou fortalecer as carreiras do setor público ou preencher todos os cargos governamentais com profissionais da iniciativa privada.
  • Não acreditamos que apenas profissionais formados em cursos do campo de Públicas (Administração Pública, Gestão Pública, Políticas Públicas, Gestão de Políticas Públicas e Gestão Social) têm aptidão para exercer funções de gestão em organizações públicas.
  • Não acreditamos que a rotatividade no mercado de trabalho é necessariamente algo negativo e que a carreira ideal é caracterizada pela estabilidade em uma determinada organização, carreira, cargo ou função.
  • Não acreditamos que a boa gestão pública é indiferente ao regime de governo.

Referências de impacto

Inúmeras organizações da sociedade civil compartilham de missão e objetivos similares aos do
Vetor Brasil, desenvolvendo projetos e apoiando governos em diferentes regiões do planeta:

 

Emerging Public Leaders: desenvolve projetos de atração, seleção e desenvolvimento de profissionais para promover a melhoria da gestão pública em países com baixa capacidade institucional. Seus programas contribuem para melhorar o desempenho do governo e elevar o prestígio do serviço público em países africanos.

Govern for America e Lead for America: organizações americanas que desenvolvem cadeias de talento para o serviço público em governos estaduais e municipais, respectivamente, ligando profissionais bem formados em início de carreira com governos por meio de programas de bolsa de até dois anos.

Unlocked Graduates e Police Now: desenvolvem projetos de atração, seleção e desenvolvimento de jovens profissionais para as funções de agente carcerário e de polícia comunitária em cidades do Reino Unido, promovendo a efetividade das políticas de segurança, a diversificação social e racial do serviço público e aumentando a confiança das comunidades nas autoridades públicas.

Jóvenes al Servicio de Chile: organização da sociedade civil que atrai, seleciona e desenvolve jovens profissionais para o serviço público nas regiões mais isoladas do Chile, contribuindo para a descentralização de profissionais de alto desempenho e a formação de novas lideranças identificadas com as necessidades das regiões mais pobres.

Vetor Brasil na mídia

8 ideias (que deveriam pautar o debate) para consertar o Brasil

Recrutamento no setor público começa a mudar

Com ajuda de ONG, governos aderem a seleção profissional para preencher cargos

Reconhecimentos

Nosso time

Diretoria executiva

Joice Toyota

Diretora Executiva e Cofundadora

Joice Toyota é cofundadora e Diretora Executiva do Vetor Brasil. Formada em Engenharia Elétrica pela USP, possui MBA e mestrado em Educação pela Universidade de Stanford. Durante a graduação, foi presidente da Federação de Empresas Juniores do Estado de São Paulo. Trabalhou em consultoria estratégica por sete anos, em setores como serviços financeiros, agronegócios, aviação e educação pública (nos estados do Amazonas e de Goiás). Também já atuou como superintendente da Secretaria de Educação de Goiás e no Teach For America, nos Estados Unidos. Joice é Lemann Fellow, Education Pioneers Fellow, bolsista da Fundação Estudar e Person of the Year Fellow da Brazilian-American Chamber of Commerce.

Lara Barreto

Diretora de Novos Negócios

Formada em Administração pela Universidade Federal de Goiás. Durante a graduação, foi voluntária na AIESEC e no Centro Acadêmico. Já trabalhou na Votorantim Siderurgia, na Junior Achievement Goiás e foi Trainee de Gestão Pública em 2015 no Governo do Estado de São Paulo e Gerente de Captação de Recursos na Secretaria de Planejamento do Estado de Goiás.

Tâmara Andrade

Diretora do Programa Trainee de Gestão Pública

Tâmara Andrade é Diretora do Programa Trainee de Gestão Pública do Vetor Brasil. Mestranda em Gestão de Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), pós graduada em Gestão Estratégica de Pessoas pela FIA/USP e formada em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Atuou em consultorias e multinacionais por 7 anos com projetos focados em gestão de pessoas e educação. Em consultorias, desenvolveu projetos de seleção por competências, educação corporativa, programas de coaching, mentoring e desenvolvimento de competências socioemocionais. Em multinacionais, foi responsável pelos programas de estágio, trainee e desenvolvimento de carreira. Implementou o programa de diversidade no Vetor Brasil, desenvolvendo iniciativas para recrutamento, seleção e desenvolvimento dos talentos. Tâmara é apoiadora do projeto de Combate ao Assédio Sexual no Trabalho do Governo do Estado de São Paulo e Fellow da Fundação Arymax.

Bruna Eboli

Diretora do Programa Líderes de Gestão Pública

Diretora do Programa Líderes de Gestão Pública do Vetor Brasil, é formada em Administração com especialização em Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva. Tem experiência na área de educação executiva, exercendo responsabilidade pelo desenvolvimento de soluções educacionais junto a diversas organizações em todo o país. Em 2013 assumiu o escritório da Endeavor no Rio Grande do Sul, quando teve a oportunidade de desenvolver a rede local de voluntários e empreendedores locais, além de promover uma série de eventos sobre empreendedorismo. Em 2015, ainda na Endeavor, assumiu a área de Mobilização e implementou projetos de simplificação do ambiente de negócios, quando liderou o projeto Simplificar que, em parceria com o governo estadual gaúcho e a Prefeitura de Porto Alegre, levou à redução em 70% do tempo de abertura de empresas. Em 2017 assumiu a Diretoria de Atração de Investimentos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Porto Alegre, onde permaneceu por 8 meses.

Marco Camargo

Diretor Institucional

Marco é do Paraná, estudou engenharia na USP, e tem um Mestrado em Administração Pública e Desenvolvimento Internacional na Harvard Kennedy School. Trabalhou na consultoria Bain and Company por 5 anos em projetos com setor privado e público, apoiando no desenho e implementação de estratégias para diferentes organizações. No setor público, neste período, atuou no desenvolvimento de um plano industrial para um país sul-americano ajudando a acompanhar estudos de viabilidade e a desenvolver políticas de fomento industrial. Marco foi Summer do Vetor Brasil e apoiou a Secretaria de Planejamento em Gestão do Ceará na implementação de um programa de Gestão Para Resultados nas Secretarias de Educação, Saúde, Segurança Pública, Infraestrutura, e Recursos Hídricos. Em seu mestrado, adquiriu uma base para o desenho de políticas de desenvolvimento, estatística e avaliação de políticas públicas, economia avançada, além de cursos de liderança, gestão e comunicação. “Quero contribuir com o fortalecimento do setor público brasileiro e com projetos e políticas que gerem desenvolvimento institucional e social.

Conselho fiscal

Bruno Villela

Isadora Chansky

Luiz Ribeiro

Conselho estratégico

André Barrence

Denis Mizne

Igor Lima

José Frederico Lyra Netto

Nossos apoiadores institucionais e de projetos

Somos uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e suprapartidária que recebe apoio de organizações e parceiros. O apoio recebido seja através de doações, voluntariado ou gratuidade é utilizado para o cumprimento da nossa missão. É importante destacar que nossa atuação institucional é inteiramente autônoma e independente. Por isso, buscamos estar alinhados com as boas práticas de governança para organizações da sociedade civil nacionais e internacionais.